Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Joana Serrano daria uma óptima Presidente de Câmara?

por Noticias do Ribatejo, em 31.03.12




Joana Serrano (foto) exerce actualmente o cargo de Presidente da Junta de Freguesia de Alpiarça para o qual foi eleita democraticamente. Um mandato que lhe tem corrido de afeição já que tem feito algum trabalho que a dignifica sem ter tido necessidade de dar muito “nas vistas”.

Um “trabalho” que os alpiarcenses sabem qual como pode ser visto por todos.

 Retirada dos conflitos internos do partido que a elegeu e do qual faz parte, Joana Serrano tem sabido, como conseguido, levar a “água ao seu moinho” sem apoquentar quem tem as rédeas da concelhia salvo quando: deu uma entrevista a um semanário da região que na altura causou alguma polémica mas que não a “chamuscou no Centro de Decisões” da “Silvestre Bernardo Lima”, antes pelo contrário.

 Tem conseguido levar a efeito alguns melhoramentos e requalificações nas atribuições que lhe estão entregues por via de protocolo com a Câmara. Se mais não faz é porque o orçamento que tem de gerir não lhe permite grandes voos.

A Joana Serrano se deve a expansão do “Festival do Melão” como do “Festival de Música” do Patacão que no seu pouco tempo de existência tem vindo a ser um sucesso.

 Uma figura admirada pela maioria dos alpiarcenses por causa da sua posição e do alheamento que sabe manter quanto às disputas do partido mas que consegue dar a sua opinião em local próprio sem causar danos de maior e muito menos perder os princípios que defende para além da sua seriedade quer politica quer pessoalmente.

O cargo de “presidente” que exerce “abafa” um pouco a sua presença no exterior mas a população sabe dar-lhe o devido valor à “Presidente Joana” como é conhecida e tratada.

 Ser presidente da “Junta de Freguesia” é exercer o mandato na rectaguarda da Câmara, entidade esta que não lhe permite, como aos anteriores presidentes, ir mais longe e muito menos dar nas vistas. 

Fala-se um pouco mais de Joana quando algum evento da sua responsabilidade é levado a efeito ou a sua presença é obrigatória para outras vezes ser “criticada” por ser “ofuscada” pelos holofotes da autarquia como foi o caso da Apresentação pública do programa das comemorações “ABRIL Mês da Liberdade – Alpiarça 2012”

Tem feito trabalho meritório e realçado mas também sabe manter-se no silêncio quando as críticas não lhe são favoráveis ou podem prejudicar o PCP; o seu partido mas que acima de tudo exige a sua fidelização.

Fala quando deve falar, opina quando deve opinar e evita discussões na praça pública. “Esconde-se” no silêncio das palavras e retira-se quanto o momento não é aconselhável para contar com a sua presença.

Se lhe fosse dado mais poder e mais verbas poderíamos adiantar que muito mais podia fazer.

Das iniciativas que tem levado a efeito (já acima referidas) todas tem conseguido levar a “bom porto” sem nunca deixar de ouvir quem a elegeu.

É jovem, ambiciosa e astuta. Sabe até onde pode chegar como sabe qual o seu espaço. Se tivesse “carta branca” do seu “PCP” e se os políticos da terra apostassem na sua candidatura para presidente da Câmara muito ficaria a ganhar o partido como “esquecida” ficaria a inoperância do actual presidente da Câmara, Mário Pereira porque com quase toda a certeza que Joana Serrano nunca permitiria que o desaire que tem sido o mandato do actual executivo da CDU servisse como “tema” para discussão na Praça Pública.

O PCP ficava com a “cara lavada” e pouco se falaria naquilo que agora serve de “falatório” contra o PCP e os seus eleitos.

Talvez com a candidatura de Joana Serrano o PCP/Alpiarça contribuísse para que Mário Pereira saísse pela “porta grande” o que em contrário dificilmente acontecerá

 https://www.facebook.com/antoniocenteio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39

Na longa entrevista que João Brito, Deputado Municipal pelo PSD na Assembleia Municipal de Alpiarça deu a um semanário regional afirma o mesmo  a determinada altura que a “população de Alpiarça” são “pessoas de bem” mas o seu lamento é de não votarem no “PSD” porque as “ideias políticas dos alpiarcenses prejudicam o concelho”.
Não deixa de ter uma certa razão porque os alpiarcenses em vez de se preocuparem com os interesses e com o desenvolvimento da sua terra colocam primeiro os interesses do partido, que segundo o entendimento de João Brito mais não é do que o PCP.
O Deputado põe ainda o dedo na ferida ao acusar os “interesses do partido” porque as “ideias políticas dos alpiarcenses prejudicam o concelho” mesmo puxando a ‘brasa à sua sardinha’ porque  “ não votam no PSD”.
Votar no  PSD, no PCP ou no PS, João Brito não deixa de ter alguma lógica nas suas declarações porquanto os alpiarcenses deveriam era preocupar-se em encontrar as pessoas certas ou  capazes de fazer alguma coisa por Alpiarça e não os candidatos que apenas se limitam  seguir as directrizes partidárias contribuindo assim para o marasmo que teima em não deixar de apoquentar Alpiarça.
Enquanto os alpiarcenses não mudarem de rumo e esquecerem os “interesses do partido” dificilmente Alpiarça conseguirá andar para a frente.
 Para que isto aconteça há que encontrar as pessoas certas e competentes mas essencialmente aquelas que tenham um pouco de visão de forma a que se mude as mentalidades como façam  esquecer os interesses do partido, que não beneficiam ninguém, excepto aqueles  que defendem prioritariamente os interesses partidários como os boys que alimentam e tudo fazem para que: acima e à frente de tudo e de todos esteja sempre os interesses do partido.
https://www.facebook.com/antoniocenteio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09


Era um vez a ….”Escola das Faias”?

por Noticias do Ribatejo, em 29.03.12

O novo destino da “Escola das Faias” levou com que a Vereadora do PS, Regina Ferreira (foto) questionasse o executivo para saber o que está decidido quando ao edifício da “Escola das Faias”.


O presidente adiantou-lhe que o “espaço será utilizado por diversas coletividades do Concelho, sob celebração de protocolos que estipulem as condições da cedência das salas, sendo que as coletividades ficarão responsáveis pela manutenção dos espaços que lhes forem atribuídos” para ficar ainda a saber que , está prevista a cedência das salas do edifício central aos Escuteiros e à ASAL (Universidade Sénior). Por último, a Câmara está a reservar ainda um outro espaço para a criação de uma Loja Social, área na qual os serviços de Ação Social da Autarquia farão a recolha e gestão”.

Noutras palavras o que foi a “Escola das Faias” passa agora a ser um edifício ‘Polivalente’ que vai ter os mais diversos usos incluindo a cedência da “cantina e uma faixa de terreno” para a “ realização de colheitas de sangue” do Grupo de Dadores de Sangue de Alpiarça

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:46

E o que dizer do almoço comemorativo dos 91 anos do PCP em Alpiarça, em que longe das enchentes do passado muito recente, não apareceram as jovens promessas do PCP.
Muitos repetentes, reformados em força, poucos jovens, muitos poucos jovens. Houve até quem disse que os dois únicos jovens da sala foram convidados para estarem na mesa de honra.
Já nem algumas caras do costume lá apareceram. Claramente um partido em crise, e com muita conversa em privado sobre os novos boys do PCP na Câmara e a falta de serviço que deveriam ter mostrado até agora e que não passa de uma miragem.
Mas como os críticos não interessam, fingem que está tudo bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56

13 milhões em 2009 é inferior a 5 em 1997.A matemática financeira entra em linha de conta com a inflação. A diferença é que o endividamento PS foi para criar obra visível.
Quem não se recorda das entradas de Alpiarça ou do centro da vila que até davam dó? Com esse endividamento, Alpiarça ganhou (pelo menos) uma biblioteca, um centro cívico arejado (mesmo com a aberração do parque de estacionamento), as piscinas, a zona desportiva e alguns embelezamentos urbanos.Em 1997 Alpiarça era o concelho mais atrasado do Ribatejo, se não do País.Evidentemente que ninguém apoia endividamento. O ideal seria zero.
Agora, enquanto munícipe sem cor partidária, prefiro os 13 milhões a partir de 1997 do que os 5 milhões pré 1997.
E, a talhe de foice, e admitindo que tudo está caro, não compreendo como é que para fazer um simples estacionamento e meter uma estátua se gastam quase 400 mil euros, 80 mil contos na antiga moeda.
Sabendo que com a crise financeira a maioria das empresas desceu as margens de lucro.
Gerido por administração directa 80 mil contos dá para fazer muita obra.
Vamos a ver qual vai ser a empresa ou empresário a quem vai ser adjudicada a obra.
Espero que a oposição fiscalize até ao último cêntimo o dinheiro PÚBLICO que vai ser gasto.
Onde, como, porquê...
Ahh... e não precisamos de luxos. Há soluções espartanas que acabam por funcionar melhor

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38


UM ESCLARECIMENTO PORQUE A “PINGA” É DE "ESTALO”

por Noticias do Ribatejo, em 25.03.12
Convém esclarecer que, por lapso, é referido na notícia:" a Coopvinhal – Adega Cooperativa de Alpiarça oferecerá vinho tinto".
Na verdade, quem ofereceu o vinho foi a Agroalpiarça - Produção Agrícola de Responsabilidade Lda - Alpiarça, empresa gerida pela Câmara Municipal de Alpiarça, que por sinal tem uma "pinga" de estalo, nas palavras dos jornalistas que vieram cobrir o evento e almoçaram com a equipa de limpeza e restauro do aldeamento avieiro.
O seu a seu dono.
Lançamos o convite para que visitem a adega e provem aquela "pomada especial".
A adega, encontra-se frente ao edifício da Câmara Municipal. Vale a pena saborear um vinho de qualidade, fruto também de uma colheita em ano excepcional.
Fica a correcção e o convite.
Por: M.C

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37


Não tivesse este povo memória curta

por Noticias do Ribatejo, em 22.03.12

 Foram escritos no Jornal Alpiarcense , referente apenas ao ano de 2011, algumas dezenas de posts denunciando lixos, "lixeiros", lixeiras a céu aberto, contentores e, lembrando as promessas não cumpridas relativamente à protecção do meio-ambiente por este executivo CDU/Alpiarça

Quem virou as costas àquilo que em tempo de eleições autárquicas, era considerado uma prioridade ambiental ou argumento para derrubar o PS, não pode como é compreensível, pegar no assunto abandonado logo no começo do mandato e vir agora, de bandeira erguida, só porque as eleições estão aí de novo à porta.
Pelo menos, haja coerência.
Talvez seja agora a vez do PS/Alpiarça embandeirar pelo combate às lixeiras e protecção do ambiente, já que o tema parece ser um bom trunfo para ajudar a ganhar eleições. E, como se costuma dizer, basta baralhar e voltar a dar para que o jogo mude...
Ou não tivesse este povo memória curta. Ou será outra coisa qualquer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:26


JOANA SERRANO "PASSOU A PERNA" A TIAGO LEITE

por Noticias do Ribatejo, em 17.03.12

Tiago Leite reside em Alpiarça a alguns anos, terra que o acolheu de braços abertos e bastante estima tem por este ilustre.
É bancário de profissão e Presidente da Concelhia de Alpiarça do CDS-PP. Foi candidato a presidente da Câmara de Santarém nas últimas eleições autárquicas.
Tiago Leite, foi também Chefe de Gabinete do Secretário de Estado da Administração Interna, por ter sido o homem de confiança na última legislatura legislativa do então Deputado Filipe Lobo d’Avila, para os assuntos relacionados com o Distrito de Santarém.
É ainda Vice-Presidente da Comissão Politica Distrital de Santarém e membro da Comissão Politica Nacional para actualmente exercer o cargo de Director da Segurança Social de Santarém.
O que já fez ou em que beneficiou Alpiarça por via dos cargos de destaque que já ocupou e ocupa? Absolutamente nada?
Sendo actualmente director da Segurança Social em que poderá ajudar Alpiarça a terra de que é presidente da concelhia do partido que faz parte do Governo?
Talvez encerrar as instalações da Segurança Social situadas em Alpiarça, assim tudo o indica.
Como é que estes políticos depois querem obter votos nas eleições autárquicas se enquanto dirigentes políticos nada tem para beneficiar a terra que lhes dá os votos?

Talvez por estas a outras razões é que o CDS-PP continua a ser um partido sem força politica localmente mas que conseguiu eleger uma candidata para a Assembleia de Freguesia não por merecer os votos mas por o CDS se ter “colado” ao PSD/Alpiarça caso contrário não elegeria quem quer que fosse.
Colagem que também fez a nível nacional com o PSD caso contrário não estaria no Governo.
Mesmo vivendo e sendo estimado em Alpiarça, segundo consta, Tiago Leite, queria “passar a perna” à Junta de Freguesia pretendendo passar gratuitamente os serviços da Segurança Social de Alpiarça (Casa do Povo)  para instalações da Junta de Freguesia mas saiu-lhe o “tiro pela culatra” porque Joana Serrano não esteve, nem está, para sustentar “prestações de serviço” dos dirigentes políticos que regem o burgo e que nada dão em troca.
Neste caso é para dizer que a astúcia de Joana Serrano serviu para dar à entidade dirigida por Tiago Leite a recusa que merecia e o CDS-PP/Alpiarça teve o que merece.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:53


CÂMARA VAI INVESTIR QUASE UM MILHÃO DE EUROS EM OBRAS

por Noticias do Ribatejo, em 14.03.12

 Quase um milhão de euros é o valor que a Câmara vai investir na qualificação ambiental do Frade de Cima e na requalificação da zona envolvente dos Paços do Concelho.

4OO mail euros será nos arranjos dos Paços do Concelho e 600 mil no Frade de Cima

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:06



“A Vereadora Sónia Sanfona afirmou que ela própria e a força política” que a apoiou (‘PS/Alpiarça é a Razão’) nunca “tiveram dúvidas em relação á mais-valia que constituía a participação de Alpiarça na ‘Águas do Ribatejo’.”
A Vereadora, que foi ex-candidata a presidente da Câmara nas últimas eleições autárquicas e a força política que representa “sempre viram com bons olhos as estratégias de intermunicipalismo e outras agregações de municípios das quais resultem benefícios para as populações. Neste sentido, a Vereadora entende que o trabalho da empresa Águas do Ribatejo em Alpiarça tem sido extremamente compensador e resulta claramente numa melhoria de condições para aceder a este serviço básico.”
Acrescentou ainda, em reunião de Câmara, que “foram feitos em Alpiarça investimentos que o Município sozinho não estaria em condições de os fazer. A água, sendo um bem essencial, deve estar à disposição de todos os cidadãos. Por outro lado, sendo um bem escasso, tem de ser gerida com rigor de uma forma equilibrada. Assim, a possibilidade de as Águas do Ribatejo apresentarem um tarifário como este, que apesar de seguir a tendência de subida de preços de todos os serviços consegue ainda assim apresentar valores bem inferiores em relação àqueles que são apresentados por empresas congéneres, revela a boa gestão desta empresa e a aposta ganha no projecto que esteve na base da criação desta empresa.”
A Vereadora deixou ainda uma “nota positiva no que diz respeito às políticas de boa utilização e medidas de poupança de água levadas a cabo por esta empresa. Em suma, a comparação custo-benefício e a relação qualidade-preço é, do ponto de vista do PS, bastante positiva.”
Assim foi “deliberado por unanimidade aprovar a proposta de tarifário para 2012” e ficamos a saber que não há dúvidas algumas desta “mais-valia” para a Câmara mesmo que tenha “perdido” a sua principal fonte de receitas com este “negócio” feito pelo movimento cívico ‘PS/Alpiarça é a Razão’.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:57

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D