Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quanto custaram as seis fotografias do presidente para o Boletim Municipal?

Diz o povo "Pela boca morre o peixe!" e é bem verdade. Foram críticas em reuniões, em plenários, em sessões de esclarecimento, em comícios, eu sei lá, sobre a dita revista da tal senhora.
Agora, só em duas folhas (de dinheiro gasto, mal) temos seis fotografias do senhor presidente...
Assim é que é! Ah, valentes! Vamos lá criticar, mas agora eu sou o Presidente e também tenho direito a fotografias. E então se eu gosto! O ar tímido é só para disfarçar.
Ainda por cima com o meu chefe de gabinete a tirar-mas, posso contar com todas as que quiser, pois eu sei, como toda a gente sabe, que ele faz tudo por mim! Cada vez gosto mais dele e cada vez me admiro mais! Direi até que ao longo destes quase três anos me amo cada vez mas!
E não chamem o Sr. Nogueira para a conversa, porque com ele nem me sentiria tão à vontade e ainda por cima iria gastar dinheiro. Assim este dinheiro foi todo para a folha informativa. Não acham que valeu a pena? Informámos os alpiarcenses, viram o presidente da câmara em seis fotografias, e demos conta de uma actividade! Informámos e poupámos! Tudo pelo bem de Alpiarça!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:04


Um leitor atento enviou-nos o seguinte comentário: “Essas críticas das chamadas revistas da especialidade já todos sabemos como são feitas. Ou o produtor faz publicidade na revista e dão um destaque e uma apreciação excelente a uma marca dessa Casa Agrícola, ou se o produtor recusa fazer publicidade, cortam na casaca até mais não. E quando existem quezílias pelo meio, então nem se fala. Falar dum rótulo e nem sequer falar do conteúdo é no mínimo, muito pouco profissional” (ler: Casa Paciência lança no mercado o vinho "Ping'Amor" ) depois de ter lido a notícia publicada por este jornal e referente ao lançamento de um novo vinho da 'Casa Paciência' no mercado com a marca  “Ping’Amor”.

Na opinião do ‘Jornal de Vinhos’, “há rótulos de vinho que, pior do que serem maus tecnicamente, são incompreensíveis nos dias de hoje... A todos os níveis. O vinho Ping'amor Reserva, da Casa Agrícola Paciência, é um caso paradigmático. O seu rótulo, de formato exótico, para além de não comunicar quase nada, é formalmente deprimente.”

Curiosamente, Armando Fernandes, crítico de gastronomia e responsável pela coluna de 'Comeres & Beberes' do semanário ‘O Ribatejo’ já não é da mesma opinião. Escreve o entendido  na sua habitual coluna de “Vinho” desta semana o seguinte: “…O rótulo e contra rótulo acentuam Ping’amor, possibilitando, se nisso estivermos interessados recordar as figuras de pinga amores feitas pelos outros, as nossas ficam ao cuidado deles. Um homem frenético no pinga-amor, especialmente no Ribatejo, é encarado como bonomia e largo sorriso pelos observadores menos atreitos a exibições de amostras desse género na praça pública. Este vinho branco no copo mostrou-se límpido, o nariz detectou referências aromáticas a frutos cítricos frescos, a feno acabado de cortar, alguma manteiga e elementos florais, na boca aumentaram as revelações colhidas pela pituitária. Com efeito, no palato conformaram-se tais sensações, ainda as de maçãs acabadas de colher, num pronunciamento de frescura e final vincados a laivos amanteigados. Bom acompanhante de peixes brancos, mariscos, aperitivos e queijo seco.”
Depois destas duas opiniões e porque a Casa Paciência, situada em Alpiarça, continua a “brindar” os consumidores com o melhor “néctar dos Deuses” de região porque não provarmos o ‘Ping’Amor’ para tirarmos as dúvidas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59


As duvidas continuam quanto aos conteúdos fornecidos

por Noticias do Ribatejo, em 06.01.12

As actas foram repostas. O site da Câmara de Alpiarça está a ser reformulado e é natural que haja conteúdos para actualizar.
No meu entender acho que o "site" da CMA melhorou muito o seu aspecto gráfico e ganhou um ar profissional.
Como não pode ser "só bater no ceguinho", dou-lhes os meus sinceros parabéns.
Questão diferente é a informação fornecida ao Portal das Adjudicações sem concurso.
Num site que se pretendia de transparência os conteúdos fornecidos são tudo menos transparentes.
Alguns dos itens parecem retirados do objecto das sociedades e não das adjudicações.
Exige-se, e para não ficarem NENHUMAS dúvidas que seja explicado pormenorizadamente onde foi gasto cada cêntimo dos contribuintes.
Numa sociedade democrática e transparente as coisas funcionam assim.
Nas ditaduras, ninguém presta contas a ninguém, independentemente das mesmas serem de esquerda ou de direita.
Esperemos que este reparo sirva para que no futuro possamos consultar o portal e sabermos QUANTO, ONDE ou em QUE SERVIÇO (S) gastamos o nosso dinheiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:17


Casa Paciência lança no mercado o vinho "Ping'Amor"

por Noticias do Ribatejo, em 06.01.12
Há rótulos de vinho que, pior do que serem maus tecnicamente, são incompreensíveis nos dias de hoje... A todos os níveis. O vinho Ping'amor Reserva, da Casa Agrícola Paciência, em Alpiarça é um caso paradigmático. O seu rótulo, de formato exótico, para além de não comunicar quase nada, é formalmente deprimente.
Apresenta o nome do vinho – de gosto no mínimo duvidoso – em texto mal composto, cores desajustadas que cortam o contraste necessário à boa leitura e umas aspas/pingos horizontais (?) sem que se perceba o seu sentido. O único dado que acrescenta para o consumidor é a palavra Reserva.
O contra-rótulo lá vai incluindo a informação obrigatória, embora desordenada, sem critérios hierárquicos e de legibilidade. No meio desta anarquia tipográfica podemos ler o seguinte "poema": "Envolvente e sedutor, para momentos inesquecíveis". Depois de rodarmos a garrafa algumas vezes, descobrimos que afinal rótulo e contra-rótulo formam um coração partido em dois.
Que envolvimento e sedução nos pode trazer um vinho com uma imagem destas?! Uma coisa é certa: trata-se de um rótulo que parte realmente o coração...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:15


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D