Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A “cambada de tralha” que anda aos montes por Alpiarça

por Noticias do Ribatejo, em 29.12.11
Por: Inês Espírito Santo
Eu gostava de saber é o que tem sido feito pela entidades competentes, em relação à “cambada de tralha” que anda aos montes por Alpiarça,sim, cambada de Tralha, porque que eu saiba Nem UM trabalha.
Nenhum contribui para coisíssima nenhuma.
Esperem: estou a ser injusta, contribuem sim senhor para o Aumento da criminalidade da minha Terra, sim, porque Alpiarça é a Minha terra e custa, custa muito chegar a casa e ver tudo espatifado, tudo sujo comida espalhada pelo chão e tudo partido por essa cambada de ingratos que deviam dar graças por estar numa terra onde teriam tudo para terem uma vida bem melhor do que a que tem no País dele e não vem para cá para destruir..espatifar, roubar..
Trabalhar é que não porque faz calos, e também diga-se de passagem que não precisam porque está tudo a toque de Rendimento Minimo, com Tv Cabo e Playstation, carros á porta e estamos cá nós para os sustentar.
Agora venham lá com os comentários de Integração e mais não sei quê, que a mim passam todos ao lado.Se é para virem para cá que seja para ajudar, para contribuir, se não é que voltem de onde vieram..que por cá não deixam saudades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:52


ALPIARÇA A CAMINHO DO "ABISMO"!

por Noticias do Ribatejo, em 28.12.11

Câmara de Alpiarça poderá estar a chegar ao fim das suas capacidades porque os fundos comunitários estão a acabar-se

A política local hoje em dia não é atrativa. Os fundos comunitários estão a acabar-se e quando os há, as autarquias não têm capacidade de investimento para pôr o resto que a UE não nos oferece. Quem ganhar em Alpiarça vai limitar-se a "gerir a crise" que é no fundo o que a CDU está a fazer.
O município alpiarcense não só está no limite do endividamento como as obras no Museu e Centro Escolar esgotaram totalmente a capacidade de "fazer obra". Agora espera-se o milagre do "prémio por mérito" já que Alpiarça devido às obras desse mesmo Museu e Centro Escolar são o 4.º concelho com mais obra feita no agrupamento de municípios da Lezíria e que então venham algumas migalhas para se alcatroarem umas 2 ou 3 ruas nos Frades e fazer o parque de estacionamento junto ao edifício dos Paços do Concelho que está em terra batida há anos.
Vai ainda investir-se mais umas massas na parte exterior do Museu com a construção de muros e arranjos exteriores procurando colocar a Casa dos Patudos com o aspecto que ela tinha à data da sua construção. Vamos esperar que aqui a equipa de arquitectos do Porto não venha a criar mais um elefante branco. O arquitecto que apresentou o projecto falou em substituir muros por sebes e calcetamento por saibro. Quer-me parecer que é uma maneira de empatar por ali um ou dois jardineiros que a Câmara não tem e um cantoneiro a manter o ensaibramento varrido, limpo e sem buracos. Muito cuidado com essa conversa de arquitectos que só pensam nos projectos de encher o olho e nunca na manutenção das obras! Depois é aquilo que se tem visto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:58

António Moreira
Os resultados obtidos na última sondagem que este jornal levou a efeito deixaram bem claro que os alpiarcenses querem uma profunda mudança politica e de políticos.
Não restam dúvidas e bem claro também ficou o desencanto que há para com o actual executivo da CDU, onde Mário Pereira foi fortemente penalizado.
Uma sondagem a ter em conta porquanto o número de votantes foi deveras elevado e onde ficou demonstrado o desagrado dos alpiarcenses que viram na votação que decorreu durante alguns dias uma forma de protestarem e mostrarem o seu desagrado.
Uma sondagem que obteve 1550 votos. Um número que merece respeito e um estudo aprofundado pelos entendidos que daqui podem tirar as mais variadas ilações.
António Moreira obteve a maioria nos 665 votos (42%) obtidos enquanto o actual presidente da Câmara, Mário Pereira não passou dos 568 votos (36%), talvez pela desilusão que está a ser para os alpiarcenses e para todos aqueles que acreditaram um dia que viria a mudar os destinos de Alpiarça.
Puro engano!
Agora ainda mais com o Orçamento da Câmara reduzido para metade (ler:  "Não há arrojo e não acredito que alguma vez venha...)  Alpiarça não "evoluirá muito nos próximos tempos" (disse o Deputado do PS, Fernando Ramalho).
Seja como for, os resultados obtidos indicam que as pessoas querem uma mudança rápida e apostaram na pessoa de António Moreira.
Moreira que já foi ex-presidente da Junta de Freguesia, conseguiu enquanto responsável pela Junta fazer muita coisa. Saliência para o embelezamento dos jardins e de muitas zonas verdes que existem em Alpiarça.
Mais não fez porque viveu sempre controlado por Rosa do Céu, então presidente da Câmara, que nunca o deixou “alargar os horizontes” ao ponto de ser “rejeitado” pelo autarca que não deixava ninguém dar passos maiores que a suas pernas de forma a não darem muito nas vistas para que os “louros” continuassem no homem do Casalinho.
Toda a sua vida profissional e desportiva, para além da social, onde a sua figura é bem vista por todos, é reconhecida por quem quer que seja.
Homem pacato mas com visão. Sabe o que quer e onde pode chegar sem enganar ninguém ou de prometer aquilo que não está ao seu alcance.
António Moreira é aquele homem em quem podemos confiar e quem acreditamos que só chega onde pode chegar.
Tanto assim que os votantes deram-lhe toda a confiança nesta sondagem como deixaram o “recado” para quem de direito de forma a ser tomado em atenção os resultados que obteve.
Não acreditamos que a Concelhia do “PS/Alpiarça é a Razão” não tome em atenção o estrondoso e inesperado resultado de Moreira quando ao mesmo tempo concorreram outros socialistas, alguns e algumas já com provas dadas na politica local e nacional como é o caso de Sónia Sanfona e Vanda Nunes.
António Moreira destronou-as e deixou-as bem distantes. Os votantes assim entenderam e a vontade deste deve ser respeitada.
Imbecilidade faria a concelhia que passasse ao lado deste resultados.
O único inconveniente é António Moreira ser um militante socialista.

Mário Santiago
Já o mesmo não acontece com Mário Santiago, que não constou na sondagem por “razões técnicas” mas que é um forte candidato a ter em conta, especialmente por ser um “independente”.
Mário Santiago é presidente da Assembleia Municipal de Alpiarça, onde exerce o cargo com o desempenho e tem vindo a demonstrar que é um homem que não está para servir o partido pelo qual foi eleito (CDU) como também sabe impor a ordem e até “puxar as orelhas” ou retirar a “confiança politica” como foi o caso de João Osório.
É um homem recto e com visão empreendedora que sabe muito bem onde e como chegar não permitindo “ondas” a quem deve servir a “população e não o partido”.
Esta divisão já trouxe alguns desentendimentos à força política que representa, mas a sua hombridade e rectidão leva-o a saber separar o “trigo do joio”.
Filho de família honesta e trabalhadora que bem cedo lhe incutiram os princípios da rectidão e honestidade não cede a pressões partidárias e muito menos a “favores.
Foi eleito para servir a população que o elegeu e “acabou-se”.
Se alguém o julga capaz de ceder a pressões partidárias desengane-se porque não vende a “alma ao diabo” para agradar a partido nenhum. Acima de tudo a sua integridade e princípios de independente.
Por isto, apenas aceitou concorrer como “independente” e não depender de ninguém e muito menos de partidos. O suficiente para ter um estatuto de homem maduro pronto a abocanhar o poder sem ter necessidade de ajudas de alguém.
Homem de fibra rija, daqueles de “antes dobrar que quebrar” é um nome e uma pessoa a ter em conta para um futuro candidato a tomar conta dos destinos de Alpiarça.
Haja quem lhe apresente um projecto com pernas para andar e Mário Santiago estará disposto a discuti-lo para bem de Alpiarça e dos alpiarcenses mas nunca ser “servo ou escravo” de partido que for.
Temos assim dois homens de alto gabarito para poderem vir a ser o futuro presidente da Câmara e muita coisa poderem fazer para que Alpiarça cresça ao contrário do quem tem sucedido até aqui.
Mas que não se esqueça a votação que recaiu sobre os dois jovens alpiarcenses (João Curvacho e Carlos Coutinho) como o interesse que os votantes demonstram em João Brito.
Um homem que coloca Alpiarça à frente dos interesses partidários.
Em suma temos gente capaz de fazer andar Alpiarça para a frente para que não continue no marasmo em que se encontra.
A diferença é quem tem o apoio dos partidos e está sujeito às regras e condições destes e aqueles que são independentes mas que não permitem “golpes baixos” ou aproveitamentos de duplicação de cargos como a ética é “palavra” que não tem valor.
Temos gente para alterar a insatisfação dos alpiarcenses que ficou bem patente na sondagem levada a efeito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:48

 E nós que até estávamos a concordar com o que estávamos a ler até chegar a esta frase" afinal quantas horas a mais quer o Mário Pereira que os bombeiros trabalhem à borla para a câmara?"
Tantos exemplos para dar e foram logo falar dos bombeiros!
Mas se querem falar de bombeiros falemos.
 Durante o inverno quando surgem ocorrências que justifiquem mais pessoal toca-se a sirene e depois os que aparecem, no fim das mesmas, toca a meter horas extraordinárias ou mesmo minutos.
Alguns bombeiros chegam a por 15 minutos para receber ou outros inflacionam 30 minutos para 1 hora.
Chegados a Maio eis que surgem os mais que célebres ECINS e toca de tirar férias.
Todos sabemos que durante as férias não se recebe o subsidio de alimentação pois os bombeiros que fazem ECINS também não recebem mas todos os dias a Câmara lhes dá de comida, alguma da qual vai invariavelmente para o lixo, colmatando assim a falta do referido subsidio.
Durante as férias recebem dois vencimentos o da Câmara e outro, que entra pela porta do cavalo, que vem da Autoridade Nacional de Protecção Civil e lhes entra na conta através de uma associação criada nos bombeiros para esse fim.
Acabadas as férias continuam os dois vencimentos nas folgas e nos dias que se conseguem através de trocas que são mais do que muitas neste período.
De referir que depois de gozadas as férias o subsidio de alimentação volta a ser pago e os bombeiros que fazem ECINS continuam a comer " à pala" ou "à nariz de folha" da Câmara que até Outubro lá manda a carrinha levar o comer ou o manda comprar, à sua custa, no Chouriço.
Cabe aqui dizer que este segundo vencimento, vindo da Autoridade Nacional de Protecção Civil, não entra na declaração de rendimentos para o IRS.
Depois de tudo isto ainda se atrevem a falar de que os bombeiros trabalham de borla?
Já aqui o escrevemos, nós os que estamos nas secretárias, por onde os papeis passam sabemos do que falamos, portanto deixem-se de lamentações e se estão mal a porta da rua é a serventia da casa, demitam-se e vão para onde acham que podem ganhar mais.
Ninguém nos bombeiros de Alpiarça trabalha de borla, nem 1 minuto que seja. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51


Modéstia é uma palavra desconhecida para João Osório

por Noticias do Ribatejo, em 17.12.11
 A homenagem ao António Lima até pode ter corrido bem, mas a modéstia é uma palavra que o sr. Osório não conhece daí que embora a CDU tenha 9 eleitos municipais tenha sido o senhor Osório a elogiar-se a ele próprio. 
Ninguém é bom juiz em causa própria! Sabendo toda a gente que são os boys do presidente que organizam os eventos municipais, para quê serem o senhor Osório e o senhor Celestino a elogiarem os eventos da câmara? Para quê serem eles a auto-elogiarem-se? Repito ninguém pode ser bom juiz em causa própria até porque quem o feio ama, bonito lhe parece.
Por pior que corram "Alpiagras", "Feiras do Livro", Visitas de Ministras, de Ministros e de Secretários de Estado lá estarão os Celestinos ou os Osórios para dizer que foi tudo um "mar de rosas".
Bem, muito bem mesmo esteve o presidente da mesa que lhes retirou a sua confiança pessoal enquanto deputados e que não lhes reconheceu a isenção necessária para prestarem um bom trabalho enquanto deputados municipais. Prova-se por A+B que afinal o Dr. Santiago tinha razão. O senhor Celestino e o senhor Osório até por uma questão de ética e por uma questão moral deviam abster-se de gabarem eventos e festas que eles próprios organizam. Eles são nove eleitos da CDU mas só três é que falam. Os outros não têm língua, são tacanhos ou apanhados pelo clima? Ou haverá a Lei da Rolha dentro do PCP à boa maneira estalinista e só três é que falam? Até a Presidente da Junta pouco ou nada diz e nem a Assembleia Municipal informa das actividades da Junta remetendo-se a uma frase batida de "só tenho que prestar contas dos meus actos à Assembleia de Freguesia". Não ponho em causa o trabalho dela enquanto presidente de Junta o que eu acho é que os seus camaradas de partido não a deixam "botar faladura". Para finalizar e como já escreveu por aí outro comentador, depois do brado que tem dado este duplo emprego do senhor Osório e do senhor Celestino de serem juízes em causa própria ao serem Boys do Presidente e membros da Assembleia Municipal ao mesmo tempo, continuarem a monopolizar o tempo da CDU para se gabarem a eles próprios é mais uma provocação barata e perfeitamente evitável que vai contribuir para perderem um excelente presidente de mesa que tenho a certeza não aceitará integrar qualquer lista política "porque está farto deles"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17

Nuno Prates (foto) conhece como as palmas das suas mãos cada recanto das 101 divisões da Casa-Museu dos Patudos, em Alpiarça, que reabriu ao público a 31 de Outubro depois das obras de reabilitação. Caminha pelos corredores e pelas amplas salas como se estivesse na própria casa. “Nunca se perdeu?”, perguntamos. “Não. Conheço todas as divisões ao pormenor”, conta com um sorriso no rosto.
Licenciado em História e Arqueologia, Nuno Prates assumiu o cargo de conservador da Casa-Museu dos Patudos em Agosto último. Natural de Alpiarça, é um apaixonado assumido por História e, em particular pela História de Alpiarça e pela vida de José Relvas, pelo que “não podia” recusar o convite feito pela autarquia.
O deslumbramento pela majestosa casa, construída entre 1905 e 1909 pelo arquitecto Raul Lino, surgiu em criança mas a paixão ficou no seu coração após uma visita ao edifício quando tinha 20 anos. O recheio e o mobiliário da casa deixaram-no “maravilhado”. O salão nobre - também chamado Salão Renascença - pelo seu “mobiliário, lustre e pintura”, é o seu espaço preferido. O quadro que retrata D. Eugénia com os filhos, de autoria de José Malhoa, é a sua peça de eleição.
Leia mais em:
http://semanal.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=&id=79641&idSeccao=8725&Action=noticia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:37


Qualquer dia a "teta" acaba e...de que maneira!

por Noticias do Ribatejo, em 14.12.11
O pessoal da Empresa Águas do Ribatejo só deve ser convidado (Convívio dos Funcionários da Câmara) enquanto funcionários da Câmara de Alpiarça.
Neste momento estão requisitados ou destacados na Empresa Águas do Ribatejo é esta quem lhes paga e quem lhes dá as ordens.
Se o pessoal das Águas do Ribatejo não recebe ordens da câmara, nem recebe dela o ordenado, para quê esta teimosia de querer ir a um “convívio” que não lhes diz respeito?
Como conselho: façam como os demais regressem à câmara para engrossar as hostes dos que nada fazem na redoma de vidro...
Esta semana entrou mais um Boy...
Mais boy menos boy, mais milhar menos milhar é uma coisa que mal se nota...
Por acaso já repararam naquele parque de estacionamento da câmara apinhado de carros e já se questionaram o que anda tanta gente lá fazer e como ainda há dinheiro para pagar àquela “tropa”?
A teta deve estar a secar ai deve deve...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:02


Jovem alpiarcense lança revista e já faz sucesso

por Noticias do Ribatejo, em 14.12.11
Marta Gouveia Carvalho das Neves Hipólito,  filha de Ricardo Hipólito, resolveu há mais de um ano lançar-se a criar uma revista.
Teve o primeiro número em papel e também difundida via Internet. A partir daí passou só a estar disponível na Net.
O último número só tem versão em língua inglesa, como será no futuro.
Entretanto na segunda-feira Marta Hipólito teve a feliz notícia da capa desse número ter sido seleccionada para o 'sítio' (http://www.coverjunkie.com/new-covers/8259 ), onde pode ser lida e vista a respectiva revista da jovem alpiarcense

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:01

O PSD que concorra e remeta ao seu lugar o PS como terceira força política da terra como o foi a seguir ao 25 de Abril. É preciso lembrar aos mais esquecidos e até aos sectaristas e fundamentalistas do PCP e do PSD que a AD (Aliança Democrática - PSD/CDS) já governou em Alpiarça, numa edilidade de maioria comunista com dois memoráveis Alpiarcenses como vereadores (Benjamim Gonçalves Monteiro e Joaquim "Bispo") e não veio mal ao mundo por isso, numa altura em que o PS em Alpiarça não tinha qualquer expressão eleitoral. Aliás o PS que maldosamente quis fazer crer que Alpiarça só é Alpiarça desde 1998, tem muito a aprender com o modo absolutamente despretensioso de valores materiais para próprios e partidos como se conduzia o Poder Local Democrático nessas alturas e leiam as notícias de Alpiarça dessa altura para verem como se fazia muito com pouco dinheiro.
De um leitor

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:48


Morreu o jornalista Luís Miguel Varanda Castro

por Noticias do Ribatejo, em 12.12.11
O jornalista Luís Miguel Varanda de Castro (foto) morreu no sábado em Coimbra, aos 61 anos, disse este domingo à Lusa a família.
De acordo com a mesma fonte, o corpo do jornalista está em câmara ardente na Capela de Santo António dos Olivais, em Coimbra.
O funeral realiza-se na segunda-feira. Às 14 horas irá ser celebrada uma missa e depois o corpo segue para o complexo Funerário da Figueira da Foz, onde será cremado.
Luís Miguel Varanda de Castro nasceu a 22 de Setembro de 1950 em Alpiarça.
Na sua carreira jornalística passou pela Agência Noticiosa Portuguesa (ANOP) e pela Lusa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:09

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D