Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Concelhias do PS e do PSD em autogestão

por Noticias do Ribatejo, em 23.06.11
 Um leitor deste jornal (E se Sónia Sanfona fosse a presidente? ) gostava de ver como cabeça de lista pelo PSD, Carlos Coutinho (Tito) ou António Moreira pelo PS. Entende no seu ‘ponto de vista’ que a autarquia acima de tudo precisa de um «bom gestor».
Um ideia curiosa e interessante que pode e deve ser discutida em cima da mesa pelos respectivos responsáveis.
Carlos Coutinho (PSD) tem vindo a demonstrar que é um óptimo gestor. Na qualidade de administrador da DESMOR o seu trabalho tem sido bastante elogiado e reconhecido por todos os quadrantes políticos da cidade onde exerce a profissão (Rio Maior).
Sabemos da sua disponibilidade para ser candidato à Câmara. Basta a estrutura local do PSD tomar a iniciativa.
António Moreira, já foi presidente da Junta de Freguesia de Alpiarça e deixou «trabalho feito» como deu mostras de se preocupar com Alpiarça.
Homem de iniciativas: «quando não sabe pergunta a quem sabe» porque o que há para fazer tem que ser feito.
António Moreira sabe e reconhece que Alpiarça se encontra num marasmo e que aquilo que por tanto pugnou é «inadmissível ver-se» – as ruas de Alpiarça cheias de ervas e sujas.
 Sabe também, porque a experiência o ensinou que Alpiarça não se desenvolve pela «falta de capacidade de realizar ou resolver problemas da população» que actualmente vive o município (ANTÓNIO MOREIRA: A “Falta de capacidade, de realiz... ).
Duas pessoas com qualidade e capacidade de poderem ser fortes candidatos nas próximas eleições autárquicas o que faz com que a ideia do leitor (E se Sónia Sanfona fosse a presidente?) tenha pernas para andar, assim o entendam os responsáveis pelas concelhias do PS e PSD.
Os problemas que se apresentam nestas duas concelhias são: as mesmas estão a deixar passar a ideia, para o exterior, que devem estar em “autogestão”.
Quanto à Concelhia do PS/Alpiarça, talvez por causa dos socialistas andarem preocupados de o PS estar sem líder ou por terem levado um “ralhete” de orelhas” de Paulo Fonseca, presidente da Distrital que acusa muitos camaradas de andarem a dar “palpites” na Internet mas que nada fazem e muito menos contribuem para o crescimento do PS quando o partido, mais do que nunca, precisa de “crescer”.
 O certo é que, quando tentamos falar com algum responsável do “Alpiarça é a Razão” ficamos com a sensação de estar sem “líder” como está o partido.
Já no que toca à do PSD/Alpiarça então obter informações é como estar a tirar um “coelho da cartola”.
Com uma liderança de “província” vale-nos João Brito que é “pau-para-toda-a-obra” e que já está farto da inoperância dos seus parceiros de partido.
Esperamos que estas duas concelhias deixem de falar a “duas vozes” e comecem a tomar decisões importantes porque a ideia deste leitor é de «tomar em conta».
Não esqueçamos de que Alpiarça não tem assim «gestores» (e bons) em abundância, logo, que se aproveite os poucos que existem e que estão na “graça” de muitos alpiarcenses, para além de disponíveis como é o caso de Carlos Coutinho e António Moreira, pessoa muito estimada e não esquecida pelo «trabalho que fez» como Presidente da Junta de Freguesia que foi.
Por: António Centeio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02

A minha opinião é que começa a ser tempo dos cidadãos válidos se afirmarem e terminar de vez com a partidocracia que nos impõem as suas "vedetas".
Alguns dos melhores empresários deste País são pessoas sem canudo mas que deram provas determinação e de gestão eficaz.
Nunca votaria num partido que me queira impor advogados(as) como cabeças de lista.
Como munícipe o que preciso é de obras, empreendedorismo, trabalho feito e não dialéctica inútil.
É por isso, que votaria facilmente numa candidatura do António Moreira, do Pais ou de qualquer outra pessoa a quem lhe reconheça competência e capacidade de iniciativa para mudar o estado de coisas.
Perdoem-me, mas gastar dinheiro que não se tinha, apenas com fins eleitorais, nunca mereceria o meu voto. Um mandato tem de ser medido no seu todo e não pela "última imagem".
Pode ser essa a ideia que existe do eleitorado, mas cada vez há mais eleitores que querem mais trabalho e menos folclore.
Em relação a Sónia Sanfona, pode ser uma boa parlamentar, pode abrilhantar muitos eventos, pode fazer muitos relatórios branqueados sobre a responsabilidade no crime do BPN, mas considero que da dialéctica ao trabalho efectivo num Município vai uma grande distância.
Analisar dossiers podem sempre ficar para os serviços jurídicos da Câmara
O que o Município precisa é de presidentes empreendedores e com óptima capacidade de gestão.
Acho que disso actualmente estamos mal servidos, e se esses dois nomes forem avançados pelo PS duvido que recolham o meu voto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23


ISTO É QUE FOI GASTAR DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES!|

por Noticias do Ribatejo, em 23.06.11
Aqui ficam alguns links para verem o que é esbanjar dinheiro do erário público:

1- http://alt01.despesapublica.com/ajustes-directos/view?ID=94854BC54062497A8840A63B25A99353
2- http://alt01.despesapublica.com/ajustes-directos/view?ID=D830CEA009354B10B7A02097C6F91E97
(631,58 euros por contrato? Se fossem 1000 viaturas como seria?)
Bem, é melhor verem como foram gastos 14,3 milhões de euros:
http://alt01.despesapublica.com/entidades/View?ID=1551B5BD73B24F56AC9D7D0AA5CA4D0B
A questão que se coloca é se antes os Bombeiros Voluntários e Municipais não actuavam da mesma forma ou melhor que agora?
Tem sido um "fartar vilanagem". Artigos ou serviços que a um privado custam 1000 ou 2000 €, custam ao erário público, 10000, 20000, 100000 euros.
Agora, PAGAMOS TODOS!
Talvez isto explique porque há nas auto estradas tantos carros topo de gama a circular...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2011

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D