Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O que o executivo da CDU já fez por Alpiarça?

 

 

 Basicamente nada. Começou o primeiro ano do mandato com a colaboração de um “boy”, considerado um “Ex-Expert” em economia para ajudar a resolver o “bico-de-obra da “herança” recebida de Rosa do Céu e Vanda Nunes, a divida de 13 milhões de euros, que tanto atormentou os comunistas pelo valor exorbitante levando até que a divida herdada servisse de “bandeira” para os comunista acusarem os socialistas de “gastadores” e outras coisas mais quando na verdade o objectivo talvez fosse “esconder” a inoperância do executivo da CDU porquanto os “13 milhões herdados dos mandatos de Rosa do Céu e de Vanda Nunes” em vez de descerem continuam a subir porque já atingiu os 14 milhões de euros, ou seja: em vez de a diminuírem já conseguiram aumentá-la sem que se veja uma única obra feita (ler: Dívida da Câmara de Alpiarça aumenta para 14 milhões de euros. 

O que tem feito:

A conservação pela “coisa pública” no concelho uma requalificação aqui e acolá de baixo valor já que as obras de raiz e levadas a efeito vieram do anterior executivo socialista; admitiu “meia dúzia de boys” na Câmara pagos principescamente com dinheiro dos contribuintes mas que nada conseguem fazer para justiçar os chorudos vencimentos, umas pinturas, uns arranjos aqui e acolá e pouco mais porque de projectos ou obras de raiz, nem uma.

Fez umas “festarolas” que pouco ou nenhum benefício trouxe para Alpiarça como de positivo nada teve excepto alguns “bailaricos” para divertir sempre os mesmos (citação de um comentador: ler: Mas o que é isto de saneamento financeiro?); conseguiu acabar e perder alguns eventos para outros concelhos e concretamente não conseguiu levar a efeito minimamente as promessas eleitorais que prometeu aos alpiarcenses e respectivo eleitorado;

Tem apoiado uma modalidade desportiva de elite (Triatlo) para penalizar outras localmente (futebol sénior) e alguns eventos culturais com pouca participação de espectadores, porque os que vão, são sempre os mesmos.

Já conseguiu levar a efeito 5  “Fóruns do Movimento Associativo” para continuarmos por saber o que mudou ou beneficiou Alpiarça.

Tendo Alpiarça um vasto parque de lazer e desportivo nem este tem sido aproveitado para beneficiar o concelho e as poucas iniciativas desportivas são levadas a efeito em locais inapropriados como foi a "Corrida dos Patudos – Festa da pequenada" parecendo, como disse um leitor (ler a noticia) “que não temos Complexo Desportivo, Nave Desportiva, Barragem, etc.…).

Em termos de Turismo, Alpiarça é um “zero à esquerda”. Salva a “honra do Convento” a Casa Museu dos Patudos.

Não conseguiu reduzir a “taxa de desemprego” no concelho e muito menos  fez alguma coidsa para criar postos de trabalho. 

Uma inoperância politica que foi e continua a ser uma frustração para os agentes de desenvolvimento que nunca sentiram o real apoio e muitos menos viram interesse para que Alpiarça se desenvolvesse e aumentasse os postos de trabalho quando os municípios têm obrigação de encontrar soluções possíveis para aglutinar condições de desenvolvimento e crescimento no Concelho.

O que ainda não conseguiu fazer mesmo que tenha sido prometido politicamente:

Resolver a situação lastimosa do Parque Municipal de Campismo de Alpiarça que deixou de ser uma promessa para passar a ser o “calcanhar de Aquiles” do executivo comunista cujo mandato vai acabar e tudo indica que qualquer dia o parque de campismo passa a ser uma “reserva de índios” ou ainda ser ocupado pelos romenos que tempos a tempos entendem fazer das suas.

Talvez entregando a exploração do parque a estes os mesmos conseguissem dar melhores condições ao espaço de lazer como rentabilizá-lo para não falarmos do restaurante das piscinas e do completo abandono a que está entregue o espaço envolvente da barragem como é o caso dos trilhos que mais parece um viveiro de bicharocos que por ali circulam  conseguindo até  assustar os mais corajosos.

Como não chegasse, os comunistas ainda tem outro “calcanhar de Aquiles”:

De uma “pobreza franciscana” ou   inépcia  o “Projecto de Pobreza” que foi iniciado nos mandatos dos socialistas em parceria com a Fundação José Relvas continua em “banho-maria”

De nada valeu “retirar” o projecto à fundação.

Tudo isto por causa e em nome da “crise” e da “enorme divida” que receberam dos socialistas.

Afinal não a conseguiram diminuir mas sim aumentá-la e muito menos conseguiram fazer o quer que seja.

E assim o executivo da CDU vai fazendo querer que os alpiarcenses vivem todos no “mundo das maravilhas” onde tudo parece estar bem quando na verdade está numa lástima.

 

O que vai fazer até ao fim do mandato: uns arranjos nalguns caminhos e pavimentar a espaço envolvente junto dos Paços do Concelho cujo estudo arquitectónico foi entregue e uma empresa privada da especialidade.

 

É para dizer que o mandato do executivo da CDU foi e continua a ser um desastre.

 

Alpiarça, está muito mal entregue.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D